Número de Visitas - Blog criado dia 14/11/10

26 de nov de 2016

Os 10 Tons da Faber Castell


Os lápis da Faber me acompanha desde pequeno tanto nos desenhos de grafite, como nos outros materiais. Já tinha feito uma postagem com as graduações que tinha, mas aí a Faber lança o lápis 8B para completar a coleção.
As graduações são: 2H, H, HB, B, 2B, 3B, 4B, 5B, 6B e 8B. E o ideal é trabalhar com cada um respeitando ao máximo o que cada um pode oferecer. O que quero dizer com isso é para treinar tonalidades, degradês, escalar de valores tonais. A princípio pegue uma folha e branco e desenho 10 quadros de 2 x 2cm, 5 em uma coluna e 5 em outra, com os lápis preencha cada quadro fazendo degradê, com pressão média e terá como resultado, uma tabela com as tonalidades que você tem em mãos. Pra facilitar escolher cada um é só usar um furador de papel, recordando um furo em cada quadro. Em seguida sobrepondo sobre a foto que irá desenhar e vai perceber qual tom de cinza precisa naquela area do papel. Com o tempo e prática, sua visão melhora e fazemos isso no automático, mas a grande maioria iniciante tem dificuldade, então limitando o ponto de visão dentro do papel furado, compreendemos melhor cada valor.
Esqueci de falar sobre o lápis 8B. Como eu esperava ele é bem semelhante a tonalidade do 6B, porém um pouco mais opaco. Mesmo sendo bem macio a ponta não é quebradiça, se disolve bem no papel, é bem agradável. A Faber tinha também o lápis F que era parecido com HB em tonalidade, porém mais duro. Tenho um antigo da linha 9000, mas não vi ainda da linha 1250. Enfim, esses lápis são os meus favoritos.

11 de nov de 2016

Blog em Festa 2016

Obrigado Senhor por mais esse ano de vida. Hoje completo 31 anos e o blog 6 anos. Obrigado a todos os amigos, clientes e família que sempre me apoia. 

10 de nov de 2016

Artista em Destaque - Alessandro Podgurski

Olá pessoal! Vou iniciar uma série de postagens sobre artistas que usam o desenho como meio de expressão em outras areas. Para começar vamos falar sobre tatuagem com o meu amigo Alessandro Podgurski. 
Esse nome não deve ser estranho,  ele já apareceu por aqui nos concursos de desenho lá no começo do blog.
-------------------------------------------------
Descrição do entrevistado: Alessandro Podgurski, moro em Camboriú-SC, trabalho a mais ou menos 1 ano tatuando. Tenho a minha página no Face Alessandro Podgurski e instagram @alessandropodgurski

-----------------------------------

1- A pessoa que nunca desenhou pode virar um tatuador?
R- Importante é aprender a desenhar antes de começar a tatuar, ter noção de sombra e luz e estudar muito.

2- Qual o artista que te inspira?
R- Niki Norberg, Carlos Torres, Nikko Hurtado, Juncha entre muitos outros.

3- Quantas tatuagens você tem?
R- Perdi a conta kkkk, braço fechado, peito e coxas.

4- Um iniciante nessa arte precisa ter o que pra começar, quais materiais necessários? 
R- É importante comprar logo materiais profissionais, são caros, mas valem a qualidade do trabalho no futuro, kits de tatuagem vem tudo, mas são de baixa qualidade.

5- É fácil encontrar cursos, você fez algum?
R- Na tattoo não ha cursos, você precisa conseguir um mestre, que vai te ensinando com o tempo o que ele sabe e assim você começar a tatuar.
6- O que tem vontade de tatuar, que tipo de desenho mais gosta de passar pra pele?
R- Gosto muito do realismo, amo passar imagens para pele.

7- É mais fácil desenhar no papel ou na pele?
R- Papel sem dúvida é mais fácil, mas aprendemos muito com a tatuagem pois ela não permite erros.
8- quanto tempo demora pra concluir uma tatuagem?
R- O tempo demora de acordo com o trabalho, mas em media realismo leva umas 5-8 horas? 

9- Qual a area do corpo mais fácil de tatuar e a mais difícil? 
R- Braço, coxa, perna são mais fáceis, costela, barriga pescoço mais difíceis.
10- Gosta mais do preto e branco ou colorido?
R- Preto e cinza.

11- Qual os cuidados a pessoa que fez uma tatuagem deve ter?
R- Evitar pegar sol, praia, piscina, não tirar casca.
12- Você cria os desenhos para os clientes ou gosta de usar modelo pronto?
R- Exclusivos, exceto quando realismo necessário o uso de fotos para referência.

13- Tatuagem pra você é?
R- Estilo de vida, paixão e arte.
14- Quais outras técnicas você pratica além da tatuagem usando o desenho como meio?
R- Pintura e lápis de grafite.

15- Quais dicas você dá pra quem quer começar a tatuar e entrar nessa area?
R- Esforçar e ter estilo próprio, usar outros artistas de referência mas nao copiar.
------------------------------------
Danilo: Obrigado amigo por aceitar o convite para entrevista.
Alessandro: Eu que agradeço pelos ensinamentos que você me deu sobre desenhos, praticamente de graça e mesmo assim ensinou com muita paciência tudo que sabe. Devo muito a você mano.
---------------------------------------
Próxima vez vamos falar sobre caricaturas. Até mais!




7 de nov de 2016

Lapiseira Poly Faber

Esta é dos anos 80, ainda guardo ela, usei em quase todos antigos, quando não conhecia muito de desenho. Guardo ela por ter uma coisa que hoje quase nenhuma marca profissional tem, uma agulha na borracha para desentupí-la. Coisa muito útil por sinal.
Hoje em dia ela está assim poly teen, muito mais bonita e com ponta retratil fina de metal e plástico.

5 de nov de 2016

Lapiseira Göller Pocket

Essa é a lapiseira Pocket da Göller, simple e barata. Parace que feita pra crianças. Quando aciona o botão na lateral do seu corpo ela destrava e se alonga.
Grip de silocone, borracha de 4mm com tampa com rosca, ponta retratíl e toda de plástico.
Com certeza cabe em qualquer lugar e por 2,95 e cores sortidas, toda criança vai querer uma e eu também.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Rastreamento

Formulário de Rastreamento
  Rastreamento de Objetos
Objeto(s):


       Exemplos de consulta de:
  • Um objeto: SS123456789BR
  • Lista de objetos: SS123456789BR; SS912345678BR; SS891234567BR
    Informe o código de no máximo 10 objetos separando-os por ponto e vírgula

       Resposta em:    Português     English